Se chame de artista

Categorias ilustração

No meu dia-a-dia eu sempre esbarro com alguma noção do que é “arte”. Tem as discussões teóricas na faculdade, os amigos falando sobre uma ou outra expressão artística, a mídia escolhendo quem merece ganhar mais atenção e a internet, essa linda, que dá espaço igual pra todo mundo que produz algo e quer compartilhar.

Se nem todos os teóricos que devotaram anos e mais anos de suas vidas conseguiram encontrar um conceito único para definir o que é “arte”, não sou eu quem vai tentar dizer alguma verdade aqui. Mas o que aprendi nos meus anos e anos desenhando, escrevendo, fotografando, filmando, bordando, e sei lá mais o quê que sempre tento fazer, foi que precisamos encarar o mundo de frente e assumir o termo: somos artistas.

Deve ter pelo menos uns 8 anos que desenho mais seriamente. Antes disso, desenhei todos os outros também. Mas foi só agora, há poucos dias, que tive coragem de responder pra alguém pela primeira vez que sou uma ilustradora. Até agora a síndrome do impostor tá me atacando enquanto escrevo essas palavras e tenho medo que alguém descubra a minha “farsa”, que não existe, aliás.

Tenho blogs desde que tinha 10 anos de idade. Tem gente que tá começando esse mês. Essas pessoas se chamam de blogueiras, por que raios eu também não devo me chamar assim? Esse tempo quase todo também fui aprendendo sobre design, praticando e fazendo coisas para outras pessoas. Não deveria eu também poder me assumir como designer?

Tenho esse medo, esse monstrinho aqui dentro que fala o tempo todo que não sou boa o suficiente e que o que faço não merece ser reconhecido, mas as pessoas lá fora não estão falando o mesmo. E é claro que ter seu trabalho validado pelas outras pessoas é uma sensação maravilhosa, mas esse reconhecimento não deveria começar da gente mesmo? É tão fácil elogiar um amigo ou até mesmo um estranho por um bom trabalho, por que é tão difícil ver as nossas próprias qualidades?

Tô aqui com tantas dúvidas quanto a próxima pessoa, não se engane. Mas aqueles que assumem seus títulos também têm suas dúvidas, eu prometo. A gente sabe muito bem o quanto as palavras são importantes e o peso que elas têm, nos outros e em nós mesmos, então, vamos escolher as palavras certas pra dizer o que somos.

Eu não só desenho, escrevo, pinto e faço peças gráficas. Oi, eu sou a Laila, uma ilustradora, blogueira, designer… Eu sou artista. Agora, fale você também!

2 ideias sobre “Se chame de artista

  1. Noooooossa como eu demorei a me assumir artista também, foi graças a Amanda Palmer que consegui dizer "eu sou fotógrafa" e ponto. É isso que eu faço. E hoje me senti meio ridícula escrevendo "escritora" no meu perfil, mas por que se escrever é o que eu faço desde que me entendo por gente? Antes mesmo de sair por aí fotografando, eu já escrevia. Escritora. Prazer, Ludimila – fotógrafa, escritora e futura professora (de Artes!). E uma das minhas metas pra esse ano é voltar a desenhar como eu desenhava na época da escola, bons tempos.

Deixe uma resposta